domingo, 2 de março de 2008

Cuore

Cuore


Coração pequeno
Coração apertado
Coração doído.
Expiação
Expurgo
Abandono.
Estrela cadente
Música inacabada
A encruzilhada de sempre...
Coração pequeno
Pequeno barco que se perde no Oceano
Sem volta
Sem esperança.
Tão pequeno que ficou
Que somente a dor comporta.
O sentimento
O Amor
A paixão
Perderam-se no tempo
Em sorrisos apagados
E beijos roubados
Em esperança querida
Em esperança perdida
O horizonte está mais longe
Depois do campo minado.
Coração ressequido
Que não pulsa,
Sem o Amor que se extinguiu.


J Carlos Favoretto
28 Julho 2006

Da serie: Meu Coração, esse Perverso

Nenhum comentário: