sábado, 26 de outubro de 2013

Sem paciência


Liguei o rádio do carro e:

"temos um atendimento diferenciado... que é igual para todo mundo"...

Desliguei o rádio.


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

G


Algumas coisas começam a perder o seu mistério e o ar de exclusividade...

Ou então, os negócios vão mal mesmo.

O email que recebi:


Loja Maçônica Paulistana - A Maçonaria Tradicional de São Paulo

Dentro do email, duas coisas me chatearam, em vermelho no texto:

 
"Temos trabalhado de maneira incessante na luta pela liberdade, igualdade de direitos e principalmente no desenvolvimento de um mundo mais justo e fraterno para todos, o que tem atraído para a Maçonaria um número expressivo de homens de bem incluindo personalidades, cientistas, pensadores, acadêmicos, empresários, artistas, etc.
 
Dentro desta esperança e consciência, e, crendo ter em sua Ilustríssima Pessoa a busca pelos mesmos ideiais de Nossa Augusta Ordem, lhe enviamos esta comunicação, a fim de avançarmos em direção a uma relação mais próxima e efetiva entre Vossa Senhoria e a Loja Maçônica Paulistana, entidade maçônica regularmente constituída e estabelecida em nossa cidade desde 1949, Decana Benfeitora de várias Entidades Sociais e de Promoção da Dignidade Humana."
 
 

 




segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Sublimação



É somente eu, ou tem mais alguém achando que a Sexta-feira mudou para Segunda-feira sem passar pelo fim de semana?


sábado, 12 de outubro de 2013

Cinco anos...



Ontem foi ligado o LHC, saiba o que é isso em Procurando respostas.

Em Outubro, dia 10 será tentado o primeiro choque entre partículas.

O projeto é ambicioso, impressiona... Mas...

PQP. Tinha que ser no dia 10?


Cinco anos se passaram...

 A cinco anos, eu estava em um vôo voltando para o Brasil.

domingo, 6 de outubro de 2013

Livros 2013


 
Autor: Evandro A. Daolio
 
O livro é classificado como de autoajuda, conclusão correta, ele ajuda o autor a ganhar alguns trocados e exorcizar seu passado.
Ele narra situações comuns que, da forma como são colocadas, tornam-se dantescas. O autor se acha engraçado, não é. A impressão que deu: o autor passou de um sujeito ingênuo e bobalhão para um sujeito sem escrúpulos, que não se preocupa com o próximo - aja visto os "conselhos" que ele apresenta - e ainda bobalhão.
Não perca seu tempo, eu perdi o meu.
O de número 9 de 2013.
 

 
 
 
Autor: Tim Parks
 
O autor é inglês casado com um italiana, e vivendo na Itália. Nada mais complicado para esse camarada. É como misturar água e óleo, consegue ver a ponta do iceberg... Mais que isso é judiação com o autor.
Lendo o livro percebe-se parte do "problema" em ser italiano no próprio brasileiro, deve se genético e, portanto, incurável.
É divertido, mas não se presta a entender o italiano, somente em conhece-lo de forma superficial. Se não tiver nada melhor para ler...
O de número 10 de 2013.
 
 
 

Autor: Carlos Ruiz Zafón

Esta livro fecha a trilogia iniciado com A Sombra do Vento. É bom, mas não tem o mesmo impacto dos anteriores, a tentativa de amarrar e explicar os outros dois sacrificou um pouco o livro, eu fiquei com uma dúvida no entrelaçamento com relação ao segundo livro. No entanto vale a leitura, a fluência do texto é cativante.
O de número 11 de 2013.





Autor: L.C.Scandiuzzi

Perda de tempo, tanto quanto o primeiro deste post. História que começa no nada e morre da mesma forma, mais ou menos como a Transamazônica dos anos 70 que ligava o nada a coisa nenhuma. Personagens caricatos, chatos, sem vida, com situações inacabadas. Fuja.
O de número 12 de 2013.