terça-feira, 31 de julho de 2007

Europa desfalcada

.
O cineasta italiano Michelangelo Antonioni, um dos grandes mestres do cinema europeu, morreu segunda-feira na sua casa de Roma com 94 anos, disse hoje fonte familiar.

.
O realizador faleceu «tranquilamente, na sua poltrona, tendo ao seu lado a mulher, Enrica Fico», referiu a fonte à agência noticiosa italiana Ansa.
.
O corpo estará quarta-feira em câmara ardente na Câmara Municipal de Roma, estando o funeral marcado quinta-feira em Ferrara, no norte de Itália, onde o realizador nasceu em 29 de Setembro de 1912.
.
«Com Antonioni morre não só um dos maiores realizadores, mas também um mestre da modernidade», declarou hoje o presidente da câmara de Roma, Walter Veltroni, num comunicado.
.
Cineasta da incomunicabilidade ou da dificuldade de viver e amar, dirigiu duas dezenas de filmes, entre os quais «Escândalo de Amor» (1950) e «O Grito» (1957), a trilogia constituída por «A Aventura» (1960), «A Noite» (1961) e «O Eclipse» (1962), e ainda «O Grito» (1957), «O Deserto Vermelho» (1964), «Blow-up» (1966), ou «Identificação de uma Mulher» (1982).
Consagrado internacionalmente, ganhou o Leão de Ouro da Bienal de Veneza em 1964, com «O Deserto Vermelho», a Palma de Ouro do Festival de Cannes em 1967 com «Blow-up», o Prémio Especial do Júri de Cannes com «Identificação de uma Mulher» em 1982, um Óscar de Hollywood pelo conjunto da sua carreira em 1955 e também um Leão de Ouro pela carreira em Veneza, em 1997.
.
Tinha dificuldade em deslocar-se e em falar devido a um acidente vascular cerebral que sofreu em 1985.
.
Diário Digital / Lusa
31-07-2007
.
.
.
.
Ingmar Bergman, o consagrado diretor de cinema que revelou desolação e desespero, assim como comédia e esperança em suas inesquecíveis análises da condição humana, morreu na segunda-feira (30) em casa, na ilha de Faro, na costa da Suécia. Ele tinha 89 anos.
.

Bergman era considerado por muitos como um dos maiores diretores da história do cinema. Junto com Federico Fellini, Akira Kurosawa e talvez alguns outros, ele dominou o universo da cinematografia séria na maior parte da segunda metade do século 20.
.
Ele passou da brincadeira cômica de amantes em "Sorrisos de uma noite de amor", de 1955, à busca por Deus de um viajante cuja morte permanece em seu encalço em "O sétimo selo", de 1957; do retrato angustiante da doença fatal em "Gritos e sussurros", de 1972, para a representação ora cômica, ora aterrorizante, da vida familiar, uma década depois em "Fanny e Alexander".
.
Bergman lidava com a dor e o tormento, com o desejo e a religião, com o mal e o amor. Nos filmes de Bergman, "este mundo é um lugar onde a fé é tênue; a comunicação evasiva e o auto-conhecimento ilusório", escreveu o crítico Michiko Kakutani na revista do "New York Times", em um perfil do diretor em 1983. Deus é silencioso ou malévolo; homens e mulheres são criaturas e prisioneiros de seus desejos.
Para muitos cinéfilos e críticos, foi Bergman, mais do que qualquer outro diretor, que levou uma nova seriedade para a produção de cinema na década de 1950. "Bergman foi o primeiro a levar a metafísica – religião, morte, existencialismo – para as telas", declarou Bertrand Tavernier, diretor francês. "Mas o melhor de Bergman é a forma como ele fala das mulheres, do relacionamento entre homens e mulheres. Ele é como um mineiro que escava em busca da pureza."
Ele influenciou muitos outros diretores, inclusive Woody Allen, que certa vez definiu Bergman como "provavelmente o maior artista do cinema, em todos os sentidos possíveis, desde a invenção da câmera cinematográfica".


Origens
Ernst Ingmar Bergman nasceu em 14 de julho de 1918, na cidade universitária de Uppsala, na Suécia. Seu pai, Erik, um pastor luterano que mais tarde se tornou capelão da família real sueca, acreditava da disciplina rígida, que incluía surrar e prender os filhos nos armários.

Sua mãe, Karin, era temperamental e imprevisível. "Eu era apaixonado por minha mãe", declarou ele em uma entrevista para o "Times" em 1995. "Ela era uma mulher muito afetuosa e muito fria. Quando ela era afetuosa, eu tentava me aproximar dela. Mas às vezes ela era muito fria e me desprezava".
O jovem Bergman acompanhava o pai nas sucessões de pregações em pequenas igrejas próximas a Estocolmo. Suas primeiras memórias, disse ele certa vez, foram de luz e morte. "Lembro como a luz do sol refletia na beira da louça quando eu comia espinafre e, movendo o prato de um lado para o outro, eu conseguia formar figuras diferentes com a luz", contou ele.

Ele acrescentou: "E também me lembro de ser obrigado a sentar na igreja, escutando um sermão extremamente entediante, mas a igreja era linda e eu adorava a música e a luz que irradiava pelas janelas. Eu me sentava no sótão perto do órgão, e quando havia funerais, eu tinha essa tomada de cena ampla maravilhosa de todos os procedimentos, com o caixão e as cortinas pretas, e depois no cemitério, observando o caixão descer na cova. Eu não ficava assustado com essas imagens. Ficava fascinado".

Aos 9 anos, ele trocou uma coleção de soldados de chumbo por uma lanterna mágica usada, uma aquisição que mudaria o curso de sua vida. Em um ano, ele havia criado, brincando com seu novo equipamento, um mundo particular no qual se sentia completamente à vontade, ele se recordava. Ele criou seu próprio cenário, com marionetes e efeitos de luz e adaptou peças de Strindberg para produções com bonecos nas quais ele fazia todas as falas.


O início da carreira
Bergman ingressou na Universidade de Estocolmo em 1937, teoricamente para estudar história da literatura, mas na verdade passava a maior parte do tempo trabalhando em teatro amador. Em pouco tempo saiu de casa e abandonou a universidade para seguir carreira no teatro e cinema.

Dividia o tempo entre cinema e teatro a partir do início da década de 1940, quando foi apresentado ao departamento de roteiros da Svensk Filmindustri. Seu primeiro chefe o descreveu como "medíocre, grosseiro e malandro com uma risada proveniente das mais sombrias profundezas do inferno".
.
Em sua carreira no teatro, tornou-se diretor do teatro municipal na cidade sueca de Halsingborg, em 1944. Em 1946, mudou-se para Goteborg onde ficou durante quatro anos, depois passou dois anos como produtor convidado em diversas cidades até chegar a Malmo, em 1952, onde se associou ao teatro municipal local.

Nos filmes, ele escrevia e dirigia. Seu nome apareceu pela primeira vez nas telas em 1944 em "A tortura do desejo", com ele como roteirista e Alf Sjoberg, figura marcante do cinema sueco, como diretor. O filme, baseado em uma história que Bergman escreveu sobre seu último e torturante ano na escola, ganhou oito prêmios suecos além do Grande Prêmio de Cannes. Lançou como estrela internacional a protagonista, Mai Zetterling, que interpretava uma balconista amada por um jovem estudante e era perseguida pelo sádico professor do aluno.
.
Bergman teve a primeira chance como diretor em 1945. Seus primeiros filmes eram basicamente novelas que o permitiram fazer experimentos com o estilo de direção.
A maioria dos críticos concorda que seu primeiro filme de destaque foi "Prisão", seu sexto filme e a primeira produção inteiramente de Bergman. O filme conta a história de uma prostituta que comete suicídio. Ele o produziu em 18 dias e, embora os críticos o tenham chamado de cruel, incoerente e superficial, foi um dos seus primeiros favoritos.


Sucesso
Nos anos seguintes, ele produziu, entre outros, "Um verão de amor" (1950), uma tragédia de amantes adolescentes; "Quando as mulheres esperam" (1952), sua primeira comédia de sucesso; "Noite de circo", ambientado em um circo itinerante e lançado originalmente nos Estados Unidos como "The naked night"; "Uma lição de amor" (1953), uma espirituosa comédia sobre infidelidade conjugal e, finalmente, seus sucessos, "Sorrisos de uma noite de amor" e "O sétimo selo".
.
Em 1957, mesmo ano de "O sétimo selo", Bergman também dirigiu "Morangos Silvestres", seu aclamado estudo da velhice. No filme, Isak Borg (interpretado pelo diretor e ator do cinema mudo Victor Sjöström), de 78 anos, dirige pelo campo, pára na casa onde cresceu, revive a memória de seu primeiro amor e faz as pazes com seu isolamento emocional.
.
"Criei uma personagem que, por fora, parecia meu pai, mas era eu mesmo, do começo ao fim", disse Bergman. "Na época eu tinha 37 anos, isolado de todas as emoções humanas".
.
Bergman venceu seu segundo prêmio da Academia em 1962 com "Através de um espelho", sobre uma mulher com distúrbios mentais que acredita ser visitada por Deus. Em seguida, uma reviravolta com "Luz de inverno", que dirigiu em 1962, o segundo da trilogia do início da década de 1960, encerrada com "O silêncio".
.
"Luz de inverno" retrata a solidão e vulnerabilidade do homem moderno, sem fé nem amor. Muitos dos primeiros filmes do diretor se inspiravam em uma busca aflita pela crença, escreveu Kakutani, mas "Luz de inverno", que mostra a perda da fé do próprio clérigo, sugere que as respostas devem ser encontradas no mundo material.
.
Bergman contou que sua guinada filosófica ocorreu durante uma breve hospitalização. Despertando da anestesia, ele se deu conta de que já não tinha mais medo da morte e que a problemática da morte havia desaparecido de uma hora para outra. Seus filmes de aí em diante, como afirmam muitos críticos, transmitiam um tipo de humanismo em que o amor é a única esperança de salvação.


Inspiração
Alguns críticos atacaram seus filmes definindo-os como obscuros, presunçosos e insignificantes. Contudo, sempre que enfrentou algum fracasso, Bergman conseguiu reconquistar críticos e públicos rapidamente com filmes como "Persona - Quando duas mulheres pecam", no qual as personalidades de duas mulheres se rompem e se fundem, e "Gritos e sussurros", um retrato severo de três irmãs.
.
Bergman muitas vezes recorria a um tipo de companhia de talentos – um grupo de atores que apareciam em muitos de seus filmes. Entre eles, von Sydow, Gunnar Bjornstrand, Ingrid Thulin, Bibi Andersson, Erland Josephson e, sobretudo, Liv Ullmann, com quem teve um longo relacionamento pessoal e com quem teve também uma filha. Durante muitos anos ele também trabalhou com o mesmo diretor de fotografia, Sven Nykvist, morto no ano passado.
.
As idéias para seus filmes surgiam de diversas formas, como ele contava. "Persona - Quando duas mulheres pecam", o estudo de duas mulheres em intimidade neurótica, surgiu quando ele viu duas mulheres sentadas juntas comparando as mãos. "Pensei comigo mesmo que uma delas seria muda e a outra falaria", disse ele.
.
A origem de "O silêncio", em que uma mulher à beira da morte e sua irmã estão em um país estrangeiro sem nenhum meio de comunicação, deu-se em uma visita de hospital. "Notei pela janela um homem muito velho, extremamente gordo e paralisado, sentado em uma cadeira sob uma árvore no parque", contou ele.

"Enquanto eu o observava", continuou ele, "quatro enfermeiras alegres e bem-humoradas chegaram marchando, ergueram-no, com cadeira e tudo, e o carregaram de volta para dentro do hospital. A cena de alguém sendo carregado como um boneco ficou na minha cabeça".
Outros filmes foram inspirados por ensaios, romances ou trechos de música. Em todos os casos, como ele dizia, algum acontecimento externo acionava alguma memória arraigada: todo filme foi uma projeção de alguma experiência do passado.
.
"Mantive canais abertos com minha infância", contou ele a Kakutani. "Acho que deve ser assim com muitos artistas. Às vezes à noite, quando estou no limite entre o sono e a vigília, simplesmente passo pela porta da minha infância e tudo está como era, com as luzes, odores, sons e pessoas: a rua silenciosa onde minha avó morava, a agressividade repentina do mundo adulto, o terror do desconhecido e o medo da tensão entre meu pai e minha mãe".
.
Bergman usou suas memórias de infância em muitos outros filmes, incluindo "Cenas de um casamento" (originalmente produzido para televisão), "Sonata de outono", "Da vida das marionetes", "A hora do lobo", "Vergonha", "Face a face" e sua versão de "A flauta mágica" de Mozart, considerado por muitos como o mais bem-sucedido filme baseado em uma ópera realizado.

Colapso nervoso
Da década de 50 até os últimos anos, Bergman manteve sua carreira de sucesso no teatro na Suécia. Durante os ensaios de "A dança da morte", de Strindberg, no Royal Dramatic Theater em Estocolmo, em 1976, Bergman foi acusado de evasão fiscal.

O incidente teve enorme repercussão e mesmo depois que as acusações foram retiradas e o governo sueco fez um pedido formal de desculpas, Bergman se exilou partindo da Suécia para a Alemanha Ocidental, onde produziu "O ovo da serpente".

Ele teve um colapso nervoso devido ao incidente e ficou internado durante algum tempo. Só retornou definitivamente ao seu país natal em meados da década de 1980.
Em 1982, Bergman anunciou que havia acabado de fazer seu último filme teatral, "Fanny e Alexander", uma análise da alta sociedade em uma cidade sueca no início do século 19 que em parte foi inspirada em sua própria infância.
.
"Fazer 'Fanny e Alexander' foi um prazer tão imenso que achei que essa sensação jamais se repetiria", contou ele a Kakutani. "Vou tentar explicar: quando eu estava na universidade muitos anos atrás, nós todos estávamos apaixonados por uma menina extremamente bonita. Ela não quis ficar com nenhum de nós e nós não entendemos. Ela havia tido um caso com um príncipe do Egito e, para ela, tudo que viesse depois desse romance seria um fracasso. Então, ela recusou todas as nossas propostas. Eu diria a mesma coisa. O tempo que passei com 'Fanny e Alexander' foi tão maravilhoso que decidi que era chegada a hora de parar. Eu já tinha meu príncipe do Egito".
.
"Fanny e Alexander" recebeu quatro Oscars, incluindo o de melhor filme estrangeiro em 1984. No entanto, Bergman não abandonou completamente o universo do cinema. Ele passou grande parte do tempo em Faro, uma ilha quase desabitada que os visitantes descrevem como gelada e abandonada, mas que ele considerava como o único local em que se sentia seguro, protegido e em casa. Ele dedicava as manhãs ao trabalho em peças, romances e roteiros para televisão.

Fez um filme para televisão, "Depois do ensaio" – sobre três atores trabalhando em uma produção de "O sonho", de Strindberg – lançada nos Estados Unidos. Ele escreveu "As melhores intenções", primeiramente como romance e, em seguida, em 1991 como um filme de seis horas dirigido por Billie August sobre o conturbado casamento dos pais de Bergman logo antes de ele nascer.
.
Bergman contou em uma entrevista na Suécia que a iniciativa de escrever o filme mudou sua postura em relação aos seus pais. "Depois disso", disse ele, "toda e qualquer forma de reprovação, culpa, amargura ou até um vago sentimento de que eles estragaram minha vida se extinguiu para sempre de minha mente."
.
"As melhores intenções" foi um dos três romances que ele escreveu nas décadas de 1980 e 90 sobre seus pais. O segundo, "Crianças de domingo", foi transformado em filme e foi dirigido por seu filho Daniel. O terceiro, "Confissões privadas", sobre sua mãe, virou um filme dirigido por Ullmann.
.
Em 1997, ele dirigiu um filme feito para televisão, "Na presença de um palhaço", ambientado na década de 1920 e baseado em uma história que descobriu entre os papéis deixados por um tio que aparecia como personagem principal em "Fanny e Alexander" e "As melhores intenções" e que foi representado nos três filmes de Borje Ahlstedt.
.
.
O fim da vida
Até os últimos anos, ele dirigia duas peças todo ano no Royal Dramatic Theater. Em maio de 1995, a Brooklyn Academy of Music (BAM), integrando um Festival de Bergman de Nova York, que incluía retrospectivas da Film Society of Lincoln Center e do Museum of Television and Radio, representou o Royal Theater em duas peças dirigidas por Bergman: "Contos de inverno", de Shakespeare, e "Madame de Sade", de Yukio Mishima.
.
Ao longo dos anos, ele também foi à BAM para dirigir produções como "Longa jornada noite adentro", de Eugene O'Neill, e duas de Ibsen, "Casa de bonecas" e "Espectros". Também dirigiu óperas e escreveu diversas peças e dramas para televisão, vários romances e uma autobiografia em 1987 chamada "A lanterna mágica".
.
Em 2002, Bergman, aos 84 anos, iniciou a produção de "Saraband", um filme para televisão baseado nas duas personagens principais de "Cenas de um casamento". Estreado em 2003, foi protagonizado por Ullmann no papel da mulher que decide visitar o ex-marido depois de 30 anos em sua casa de veraneio.
.
A quinta esposa de Bergman, Ingrid Karlebo Bergman, morreu em 1995. Ele teve muitos filhos de seus casamentos e relacionamentos. Pode-se dizer que muitos de seus filmes revelam uma preocupação com a morte.

Contudo, essa preocupação diminuiu com o passar dos anos, como ele contava. "Quando eu era jovem, tinha um medo terrível de morrer", declarou certa vez. "Mas agora eu penso na morte de modo compreensivo. É como uma luz que se apaga. Nada que deva causar muita preocupação."
.
.
.
.

Morre o ator francês Michel Serrault
.
PARIS (Reuters) - Michel Serrault, astro da comédia "A Gaiola das Loucas", de 1978, e um dos atores mais populares da França, morreu aos 79 anos, anunciou o governo francês na segunda-feira.
.
PARIS (Reuters) - Michel Serrault, astro da comédia "A Gaiola das Loucas", de 1978, e um dos atores mais populares da França, morreu aos 79 anos, anunciou o governo francês na segunda-feira.
.
Sua atuação como Albin ajudou a fazer de "Gaiola das Loucas" um dos filmes franceses mais populares da história e lhe valeu um Cesar, o equivalente francês ao Oscar, em 1979.
O presidente da França, Nicolas Sarkozy, elogiou Serrault, dizendo que seu talento deixou sua marca sobre todos os franceses. "Ele foi um monumento no mundo do teatro popular, do cinema e da televisão", disse Sarkozy.
.
"A Gaiola das Loucas" é uma farsa, mas em mais de cem outros filmes Serrault representou vários papéis mais sérios nos quais exibiu um ar de ambiguidade que podia ser ao mesmo tempo cômico e sinistro.
.
Suas atuações no papel de tabelião acusado de violentar e assassinar uma garotinha em "Cidadão sob Custódia" ("Garde a vue") ou no de empresário aposentado que contrata a jovem Emmanuelle Beart para datilografar suas memórias em "Minha Secretária" ("Nelly et Monsieur Arnaud") lhe valeram prêmios Cesar.
.
Sua morte se soma a uma série de perdas sofridas recentemente pelo cinema francês, após o falecimento dos veteranos atores Philippe Noiret, no ano passado, e Jean-Pierre Cassel e Jean-Claude Brialy, no início deste ano.
.
Serrault vinha sofrendo de uma doença prolongada.
.
.
.
.

NASA

.
Quer dizer que o nome do filme estava errado?
.
Não era "SOS, tem um louco solto no espaço" e sim "Tem um bêbado solto no espaço"?
.

Nasa permitiu embriaguez de astronautas, mostra estudo. Publicado em 27.07.2007, às 16h28
.
A agência aeroespacial americana (Nasa, por suas iniciais em inglês), permitiu que astronautas embarcassem embriagados em pelo menos duas ocasiões, revela um estudo elaborado por um painel independente divulgado nesta sexta (27).
.
O documento mantém em sigilo a identidade de quem voou embriagado, não revela quando aconteceram os incidentes nem diz quantos astronautas estiveram envolvidos.
.
O relatório também não revela se os vôos nessas condições ocorreram a bordo de algum ônibus espacial americano, da cápsula russa Soyuz ou de aviões de treinamento da Nasa. Funcionários da agência aeroespacial americana autorizaram tais vôos mesmo depois de médicos e outros astronautas terem manifestado preocupação com relação à segurança dos tripulantes, prossegue o documento. O painel responsável pelo relatório foi criado pela Nasa depois da detenção, em fevereiro último, da astronauta Lisa Nowak, que tentou seqüestrar sua rival em um triângulo amoroso.
.
Fonte: Agência Estado
.

A voz...

.
O ladrão entra na casa e uma voz abafada vindo do nada diz: "o supremo está vendo o que você faz".
.
O cara se assusta, vira a lanterna para um lado e outro e nada...
.
Acha que foi imaginação e avança pela sala escura e enorme.
.
Novamente a voz: "o supremo segue os teus passos e ele não permitirá que faça algo de ruim aqui".
.
O cara já apavorado estaca, gira a lanterna e dá de cara com um papagaio em um puleiro.
.
- Foi você que falou agora há pouco".
.
- Foi.
.
- Cara, você me assustou. E você tem nome ou é chamado de Louro?
.
- Meu nome é Saulo, como o profeta.
.
- Pqp, que nome. E quem foi o idiota que colocou esse nome em você?
.
- O mesmo idiota que colocou o nome de "Supremo" no Rottweiler .
.

segunda-feira, 30 de julho de 2007

Já está precisando de colírio...

.
Assopra que caiu um bug aqui...
.
.
Windows Vista
.
.

domingo, 29 de julho de 2007

Não poderia ser de verdade


.
Recebi com a seguinte nota na sequência:
.
FICOU TODO ANIMADINHO ... NÉ!!!!!!!!!
TÁ VENDO...
NEM TUDO É O QUE PARECE!!!!
E NEM PRECISOU DE PHOTOSHOP.....
rs
BEIJO
Lucila
.
.

Transporte seguro...

.
Estive conversando com uma amiga que está na Florida, estará indo embora no próximo dia 18...
.
Depois de um tempo considerável aqui, estará retornando. Felizmente conseguiu o suficiente para comprar um apartamento em Vitória.
.
Um dia também irei...
.
Mas vou de elevador. É mais seguro que avião.
.

sábado, 28 de julho de 2007

Que minha mente não envelheça...

.
O post anterior me jogou há uns 32 anos atrás...
.
Na época, estava em voga as especulações a respeito do livro de Erich von Däniken , Eram os deuses astronautas? .
.
E dá-lhe Globo reporter da época (acho que já era o Chapelein), e eu xereta que era (era?) pedia aos meus pais que gravassem os programas para eu ouvir; eu estudava naquele horário.
.
Eu disse ouvir, naquela época não havia videocassete (éééé, eu sou velho mesmo). Gravava em um gravador cassete Sony que ainda funciona...
.
Havia uma página do jornal O Estado que saia aos Domingos, Atualidade Científica. Acho que era o único moleque que colecionava aquilo e que falava coisas incompreensíveis tipo "buracos negros" e "BigBang"...
.

Nós não estamos sós... Parte II.

.
Grande coisa...
Estranho seria se nesse Universo inteiro, Deus tivesse apostado em um único planeta...
.
Mas vai aí um filme para levantar a poeira, é longo, cansativo, mas um prato cheio para quem gosta de UFOs.
.
.
E mais alguns links:
.
.
O link abaixo começa com o caso Roswell, o segundo filme trata de um caso acontecido no Brasil, confiram:
.

O balde

.
Acho que descobri o motivo de meus amigos e amigas não deixarem comentários aqui (todos loiros).
.
Estão confundindo a chamada e se sentindo melindrados. Eu escrevi "chutaram o balde" mas eles devem estar entendendo "chuparam o balde".
.
Poxa! Poderia ser pior, eu poderia ter escrito "chutaram o pau da barraca".
.
Nunca mais falariam comigo...
.

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Teoria da Conspiração.

.
OS CONSPIRADORES
.
Outro dia fui almoçar com o escritor Rubem Alves e ao contar o que eu vinha fazendo no sentido de “despocotizar” o Brasil, ele disse que eu era um "conspirador". E que precisamos de conspiradores.
.
Gostei do rótulo: “conspirador”.
.
Gente que está nos bastidores discutindo, propondo, fazendo cabeças, montando estratégias que um dia – e quem sabe quando será esse dia? – poderá fazer parte da ação. De uma ação que tenha nascido exatamente da inteligência de um grupo de conspiradores.
.
Nestes dias especialmente conturbados, estamos vendo a indignação crescer e muita gente disposta a partir para o confronto.
.
Gente que a todo momento atira pedras naqueles que, sob seu entendimento, só escrevem a respeito, só reclamam e jamais partem para a ação efetiva. Gente que questiona a atuação de muitos através da internet. Considero essas críticas superficiais e injustas. Veja só: antes da internet só tínhamos oportunidade de conspirar com os vizinhos, os primos e meia dúzia de amigos. Hoje conspiramos com o mundo.
.
Eu, por exemplo, aperto um botão e coloco uma reflexão diante dos olhos de 25 mil pessoas toda sexta de manhã. Essas 25 mil multiplicam-se não sei por quanto... E recebo depois muitos e-mails. Da professora que leu o texto na sala de aula, do professor que usou minha reflexão para um trabalho com os alunos, da secretária que grudou as palavras no mural da empresa, do empresário que tirou cópias e distribuiu entre seus funcionários, do rapaz de reenviou para toda sua lista de amigos, da menina que colocou no fórum XYZ para discussão, do editor que publicou no jornal de bairro daquela cidade do interior, do radialista que leu no rádio...
.
E de gotinha em gotinha vamos enchendo o copo.
.
Não é possível que ações como estas, repetidas ao longo de cinco, seis, 10 anos, não contribuam para fazer umas cabecinhas. E quem sabe uma delas não será um diretor da Rede Globo, da TAM, da ANAC ou até mesmo um Ministro dentro de 10 ou 20 anos? E vai se lembrar de mim e de outros conspiradores? Vai se lembrar de alguns textos marcantes que recebeu pela internet? E, talvez, a partir dessa lembrança pautar suas decisões? Quem sabe? Esse é um lado da questão.
.
O outro são as mobilizações que começam a acontecer. Já recebi pelo menos seis convites para ir às ruas em manifestações contra o descaso e a corrupção.
.
Nesta sexta feira, 27 de julho, uma campanha nacional chamada CANSEI!, assinada pela OAB, será lançada. Com filmes na tv, spots nas rádios, anúncios em revistas e jornais convocando o Brasil para parar durante um minuto no dia 17 de agosto às 13 horas. Uma mobilização nacional, provocada pela gota d´água que foi a queda do avião da TAM, capaz de mostrar que os brasileiros estão de saco cheio e dispostos a transformar sua indignação em ação.
.
É o grito surgindo.
.
Em silêncio.
.
Pela primeira vez os órgãos de imprensa manifestam interesse em aderir a uma ação em massa, não apenas noticiando, mas servindo como veículo de motivação à ação. Ações parecidas estão acontecendo por todo o país, pela primeira vez agregando empresários, industriais, mídia, associações civis, artistas e o que mais vocês puderem imaginar.
.
É claro que vai aparecer um monte de gente dizendo que isso é coisa "dazelite", da “direita” que quer a volta do “neoliberalismo”.
.
Vão dizer que é perseguição ao Lula e usar todos aqueles argumentos de quem não quer ver nada acontecendo...
.
Mas é uma mobilização como não temos desde o início dos anos noventa. Da qual você pode participar. E depois dessa vêm outras, que nós podemos provocar...Resumo: cada um fazendo um pouquinho, conspirando, combatendo o sistema de dentro dele, de forma pacífica e construtiva.
.
Essa é a forma inteligente de agir.
.
Mas exige paciência. Mais paciência? Sim senhor. Sair à rua armado para o confronto não vai dar certo. “Eles” são mais sujos, mais armados, mais brutos e mais malvados. Só podem ser vencidos pela inteligência. E nem vão perceber... Mas isso é coisa de conspirador.
.
Bem-vindo ao Brasil que grita.
.
.
Luciano Pires
Este artigo é de autoria de Luciano Pires (www.lucianopires.com.br) e está liberado para utilização em qualquer meio, contanto que seja citado o autor e não haja alteração em seu conteúdo.
.

Google

.
Pergunta de merchandising do Google: "De onde veio Pégaso?"
.
Se quisessem a minha resposta, seria: "pqp, como vou saber? O bicho voa mas não fala!".
.

Fiquei triste

.
Lembrei-me de uma vizinha de minha mãe, ela dizia vez ou outra: "comi, que fiquei até triste".
.
É o meu caso agora, fazia tempo que não cozinhava algo razoável.
.
Se fosse uma cobra, iria me enrolar e cochilar por alguns meses. Tem coisa melhor?
.

Neve?

.
Peguei a rota de acesso a Highway, um calor infernal e, parou tudo... Helicóptero sobrevoando logo mais a frente.
.
Helicóptero aqui? Neste meio do mato? É encrenca grande.
.
O último posto de combustíveis antes da Highway ameaçou pegar fogo; policia, bombeiros, ambulâncias aos montes. O posto fechado, e todos os carros que lá estavam, cobertos com pó químico, parecia neve.
.
Quando voltei perto das 23:00, o posto já estava liberado.
.

quinta-feira, 26 de julho de 2007

Férias

.
Estou precisando de férias...
.
Inclusive de mim mesmo.
.

Deveria ser engraçado...

.
Recebi de um amigo via e-mail:
.
Um dos primeiros Presidentes do Brasil foi o Prudente de Morais, daí prá frente tivemos um monte de presidentes imprudentes e imorais.
.
Mudou o apelido do avião do Lula. Agora é Arca de Noé:
- " Só entram os sobreviventes do Delúbio".
3..
"Pensando bem......qualquer dia até os papagaios no Brasil vão falar corruptaco, corruptaco"
(Cláudio Humberto)
4..
"Bons tempos aqueles em que os Três Poderes eram o Exército, a Marinha e a Aeronáutica"
(Millor)
5..
"O sonho do PT é o modelo chinês:
autoritarismo político e liberalismo econômico"
(Fernando Gabeira)
6..
"Há malas que vêm para o bem" (José Ingenoíno)
7..
O Lula e o PT estão tentando cruzar cabra com periscópio, para ver se acham um bode expiatório.
8..
Não confunda "militante do PT" com "mil e tanto pro PT"
9..
Antes era o PC Farias.
Agora é o PT Faria. Faria as reformas, faria a distribuição de renda, faria um governo honesto ..
10..
A única diferença entre o político e o ladrão é que o primeiro a gente escolhe e o segundo escolhe a gente...
11..
Deve haver, escondida nos subterrâneos do Congresso, uma escola de malandragens, golpes, perfídias e corrupção. Não é possível que tantos congressistas já nasçam com tanto conhecimento acumulado
12..
O canto lírico de Roberto Jefferson não tem dó. Só tem réu maior!!!
13..
Não roube: o governo detesta concorrência.
14..
Ladrão que rouba ladrão vive no Distrito Federal.
15..
Estamos numa época em que o Fim do Mundo não assusta tanto quanto o Fim do Mês
16..
A nova capital do Brasil mudou de nome:
foi de Brasília para "Quadrília".
17..
O novo e-mail do governo é:
planalto@lheira . gov.br
.

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Não era ariano

.
'As vezes achamos que já vimos de tudo. Mas nos surpreendemos vez ou outra.
.
Semana passada estava trabalhando na janela, recebendo o dinheiro do drive thru, e parou um sujeito na janela para fazer o pagamento.
.
Um negão muito do antipático, até aí tudo bem, a maioria das pessoas são assim, mas esse ganharia qualquer concurso de antipatia gratuita, pagou com cartão, a surpresa foi o nome: Adolf...
.
Também com um nome desses...
.
Como diria um amigo meu: "Desculpe-me por eu ter nascido".
.

quinta-feira, 19 de julho de 2007

Nós não estamos sós!


.

Foguete brasileiro é lançado com sucesso
.
A Agência Espacial Brasileira (AEB) lançou com sucesso, hoje na quarta tentativa, o foguete VSB-30 no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão.
O lançamento estava inicialmente previsto para quarta-feira passada, mas devido a ventos fortes, foi adiado para hoje.
A contagem hoje chegou a ser interrompida, faltando 2m34s, e posteriormente, depois de 15 minutos, foi reiniciada até o lançamento. O foguete foi lançado às 12h13, com sucesso. Hoje seria a última oportunidade para realizar o lançamento, antes que a equipe de 300 pessoas fosse desmobilizada.
No vôo serão realizados nove experimentos referentes a diversas áreas da ciência. O foguete ficou no espaço por 20 minutos, com seus dois estágios. A carga útil será resgatada a 160 quilômetros de Alcântara, no Maranhão.
.

No, thank you!

.
Recebi este e-mail hoje...
.
Flight Confirmation
.
Não, obrigado!
.

What is this?




.



Fotos estranhas? Malucas?

Pois é! De uma olhada em Richard and Nicholas e veja o que estes dois malucos fizeram.

Existem duas fotos neste post, você só vai conseguir ver a primeira na totalidade se abrir o link.

.

Familia lavando o carro


Imagino o medo nesses momentos finais

.
http://g1.globo.com/Noticias/SaoPaulo/0,,MUL72878-5605,00.html
.
Palavras de Jorge Barros sobre o acidente da TAM:
"Duas linhas que ela poderia seguir é tentar analisar qual é a dinâmica entre a tripulação dentro da cabine durante esse momento e a questão do automatismo do avião. O piloto não pilota diretamente. Ele tem um computador, que é o que pilota o avião”, afirma Barros. "
.
.
Pilotagem indireta? Isso me apavora.
.

terça-feira, 17 de julho de 2007

Stresssss


.

.

Nada que um passeio de mãos dadas em alguma praia perdida no tempo não cure.
.
.

Cansei




.


Fechar a loja do Mc é pior que amante ninfomaníaca...


.


Te f... a noite inteira sem direito a gozo...


.


Cheguei em casa as 4:30. Pode? Não é de f... ?


.


Aliás, ali é o tempo todo assim. Abrir e fechar a loja é correr contra o relógio com poucas pessoas; durante o dia tem-se mais pessoas, mas uma parte era melhor não ter. O chefe gosta de contratar abelhas (ele também é um), ou estão voando ou fazendo cera.


.

domingo, 15 de julho de 2007

Meme


.

Só agora estou fazendo minha lista meme que a Renatinha instigou.
.
Essa lista poderia ser maior, como está já ficou enorme, talvez esteja fugindo da idéia inicial, mas como não foi estipulado tamanho... E se fosse, iria fingir que não vi.
.
Bão, na sequência tenho que escolher alguns amigos (vítimas):
Vai lá:
.
Lembrando que o escolhido (vítima) tem de fazer uma lista com coisas que gosta e que não gosta e, na sequência escolher alguns amigos para repassar o meme.
.
.
Gosto
.
amizade
lealdade
meus filhos/meus pais
conversar (ouvir e falar)
paixão
sexo (com a moça certa)
fotografia
sebos
trabalhar
filmes
vinhos
comida
academia
coisas que o dinheiro compra
livros
escrever
hierarquia
.
.
.
Não gosto
.
traição
filhos dos outros (essa é p provocar)
gente que só fala
ciúme doentio
promiscuidade
pornografia
falta de cultura
ser um workaholic
TV
bebidas destiladas
excesso de peso
musculação
dinheiro
revistas de "famosos"
escrever obrigado
receber ordens
.
.

Tudo muito simples

.
Apanhei feito gente grande, estive fazendo manutenção no carro.
.
Segunda passada, furou a bolsa pneumática da suspensão dianteira (ele não usa molas tradicionais), coisa simples, tirar a velha e colocar a nova. Entrei no site que já conhecia e havia comprado uma outra para a suspensão traseira.
.
Segundo o sujeito que escreveu as diretrizes, tudo muito fácil...
.
Fácil é empurrar a mãe na escada para ir no baile dos órfãos. Por falar nisso, lembrei da mãe do sujeito o tempo todo.
.
Tenho muitas ferramentas, mas apanhei como há muito tempo não acontecia. E para dizer a verdade, usei uma quantidade mínima de chaves, é que a coisa simplesmente é complicada (eita, essa doeu).
.
Por falar em doer, estão doendo alguns músculos que eu nem sabia mais que existiam...
.
E alguém pode perguntar o motivo de não levar o carro a uma oficina, simples: o carro ficaria lá por 3 ou 4 dias, eu não poderia trabalhar, e ainda teria de pagar uns $ 4oo (dolar, lembram-se?).
.
Felizmente, a chuva esperou eu terminar o serviço e guardar as ferramentas.
.

sábado, 14 de julho de 2007

What?



Os pinguins são de Frans Lanting, os Beatles fico devendo, mas não será difícil achar o nome...
.

Os pássaros que aqui gorjeiam, não gorjeiam como lá...

.
Recebido pelo Orkut, de minha irmãzinha:
.
"Estou reaprendendo a me divertir...
Para isso, nada como comer, comer e comer...
hehehe "
.
.
Se continuar assim vai ficar maior que eu.
.
.
A piada anos atrás a respeito dos paulistanos, nas andanças noturnas, assim que saiam de um restaurante, perguntavam-se: "onde vamos comer agora?"
.
.

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Miss bacon


Candidatas desfilam com uniforme durante concurso na Rússia, realizado no último domingo (24) (Foto: Reuters)
.
.
Rússia promove 'miss da pesada'
Concurso elegeu a gordinha mais bonita.
.
.
Obs. Nem toda russa é assim!!!!
.
.
Pelo menos são animadas...
.
.

Onde está a locomotiva?

.
OS ECOS DO GRITO - Texto recebido do site http://www.lucianopires.com.br/
.
Escrevi um artigo chamado “De onde virá o grito?”, sobre as impressões que tive em Pernambuco e no Rio Grande do Sul, que me deram a certeza de que daqueles estados sairá o grito contra a esculhambação e a corrupção que tomam conta do país.
.
Eu comentava que São Paulo perdeu a capacidade de liderar essa mobilização. O texto transformou-se numa daquelas correntes da internet e muitos gaúchos e pernambucanos orgulhosos escreveram. E vários paulistas loucos da vida também... Um quer que eu vá morar no Rio Grande do Sul ou em Pernambuco pra ver que lá “não é nada disso”. E outro me escreveu dizendo: “Talvez você não se lembre que o grito contra o jugo português nasceu em São Paulo (Bonifacio) e tomou corpo no Rio de Janeiro, em lojas maçônicas. O grito contra a baderna em 32 foi dado por brasileiros paulistas (MMDC) e deu no todos sabem...”.
Eu me lembro, sim. E esse é o problema.
.
Estamos acomodados nas façanhas de nossos avós ou bisavós. Sempre que provocados para a reação, buscamos na memória uma explicação.
Um dia, 70,50, 40 anos atrás combatemos, fomos às armas, derramamos sangue na luta por ideais. Um dia. No passado. Mas hoje, de alguma forma aquela capacidade de transformar a indignação em ação ficou para trás.Hoje o máximo que conseguimos é descrever a situação ruim em que nos encontramos.
.
Nos transformamos nos campeões do nhém-nhém-nhém, incapazes de tirar o traseiro da cadeira. Também fui acusado de passivo, por ficar “esperando o grito dos gaúchos ou pernambucanos”.
.
O filósofo Hegel escreveu: "A maldição que persegue a existência social, é a separação entre ação e pensamento. De um lado, o intelectual sem capacidade política; do outro, o político sem capacidade intelectual. A isso se dá o nome de diálogo de surdos."
Pois estamos metidos nesse diálogo até o pescoço. Indo pra lugar nenhum. E, como não sou o político sem capacidade intelectual, corro o risco de ser o intelectual sem capacidade política,um ressentido passivo. Pode ser.
.
Mas não estou esperando, não. Estou provocando. Conectando pessoas. Sou um conspirador. Minhas palavras são minha espada, meu texto é meu grito. E por enquanto peço a vocês que “ouçam” bem o e-mail que acabo de receber, assinado por José Paulo Dornelles Cairoli , presidente da Federasul, a Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul:
.
“Em todo o País, a indignação chegou ao seu limite máximo. Nunca se viu tanta corrupção, tantosescândalos envolvendo aqueles que deveriam servir de exemplo. Os brasileiros sentem-se envergonhados cada vez que abrem o jornal ou assistem o noticiário. E pior: mesmo quando acorrupção é descoberta, logo em seguida vem a impunidade para aqueles que deveriam pagar o preçopelo mal que causam ao Brasil. Chega! É hora de a sociedade reagir de verdade! A OAB/RS,juntamente com todas as suas 104 subseções, diante deste triste quadro, reúne-se com asentidades mais representativas do Rio Grande do Sul para convocar a população gaúcha aparticipar do lançamento do Movimento contra a Impunidade e a Corrupção. Uma ampla mobilização contra esses expedientes já enraizados em diferentes esferas administrativas nesse país. Vamosmostrar que temos a capacidade de interferir nos fatos que fazem a história do Brasil! “O ato acontecerá ao meio-dia da sexta feira, 13 de julho, na esquina Democrática, em PortoAlegre...
.
Humm.... E este outro e-mail que recebi na semana passada?
.
“Para seu conhecimento estamos aqui no RS vivendo um momento de crise profunda do setor públicoestadual, a qual, afeta toda a economia do RS. Assim sendo, a sociedade gaúcha se mobilizou eestá desenvolvendo uma proposição de democracia criativa através de um projeto denominado Agenda2020 (http://www.agenda2020.org.br/).”.
.
Ora, ora... São os gaúchos gritando... Com certeza tem mais gente gritando em outros estados. Gente à qual podemos nos conectar, criando massa crítica. E quem sabe mudando isso que está aí. Pela conectividade. Co-ne-cti-vidade. Não dos gaúchos, dos pernambucanos ou dos paulistas. Mas dos brasileiros.
.
Este artigo é de autoria de Luciano Pires ( http://www.lucianopires.com.br/ ) e está liberado para utilização em qualquer meio, contanto que seja citado o autor enão haja alteração em seu conteúdo.

O intervalo

.
Você nasce sem pedir e morre sem querer
.
Eu gostei dessa frase. Essa é a entrada para um texto de um site de empregos.
.

Depois não se sabe o motivo de certos filhos odiarem os próprios pais...

.
Recebi isto de meu amigo Mier.
.
.
Texto de Mauricio Garcia.
.
Sou formado em Medicina há 7 anos, e minha carreira me proporcionou contato com as mais variadas e indescritíveis figuras e situações.
.
Vim de família de classe média, e começar a trabalhar com todas as parcelas da população é um choque de cultura inigualável. Vê-se de tudo. Muitas das situações não podem ser descritas aqui, causariam conflitos éticos em uma profissão onde o sigilo médico impera. Porém, este capítulo da Medicina que abordo agora é aberto a todos. E engraçadíssimo, por sinal.
.
Apesar de Portugal nos ter fornecido estoque inesgotável de piadas sobre seus habitantes, se vivêssemos sob as leis de lá, este artigo não seria escrito. Estou me referindo ao rigor português ao escolher o nome da criança recém-nata, pois lá existe uma lista de nomes possíveis. Mas isto aqui é Brasil.
.
O brasileiro é um povo criativo, e resolve fazer arte até na hora de batizar seus filhos. Apresento a vocês, uma coletânea feita com colegas meus de profissão, principalmente os pediatras, dos nomes mais bizarros e engraçados vistos emconsultórios, maternidades e afins. Afinal, todo mundo tem que passar pelo médico um dia. Vamos brincar de dar nomes bizarros para nossos filhos! Afinal, eles não podem reclamar mesmo.
.
Valdisnei: Um clássico. Homenagem ao grande Walt Disney.
Usnavi: Filho de um fanático por navios americanos, que apresentama inscrição U.S. NAVY
Adolfo Dias: Nada demais. O problema foi a doença do paciente. Impotência. Um predestinado.
Kaelisson Bruno: Homenagem ao grupo KLB (Kiko, Leandro e Bruno)
Caso famoso em Recife: Xerox (pai), Fotocópia (filha mais velha) e Autenticada (filha mais nova)
Merdalina: Pois é. Tem de tudo
Maiquel Edy Marfy: Seria Michael + Eddie Murphy?
Maycom Géquiçom: Sem comentários
Urinoldo Alequissandro: O médico que atendia este garoto o encaminhou para outro colega. Não conseguia parar de rir ao associar o garoto com um urinol.
Kevinson Junior: O nome do pai era Rafael
Caralhecilda: Ninguém chamava a paciente gritando. Por que será?
Um Dois Três de Oliveira Quatro: Esse é famoso. É um agricultor potiguar.
Eles merecem
Tospericagerja: Um clássico, homenagem do pai aos craques da Copade 70: TOStão, PElé, RIvelino, CArlos Alberto, GERson, JAirzinho.
Jean Claude Van Dame da Silva: Um magrinho raquítico
Boniclaide: Bonnie and Clyde
Erripóter: A mãe não se chamava J.K Rowling
Kalifornia Drim dos Santos e Roliude dos Santos: Irmãos provindos de uma comunidade hippie
Darkson Stick Nick da Silva: Venceu um concurso promovido pelos médicos -> O pior nome!
Harlei David Son: Born to be wild!
Laion, Pantro e Xitara: Geração Thundercats
Uilikit e Uiliket: Gêmeos também da geração acima
Bilidudilei e Jimibradilei da Silva: Irmãos
Letisgo: Outro clássico. Let's go, em versão tupiniquim. Duro era gritar o nome para chamar para a consulta.
Railander da Silva: Esse sofreu um corte, para sua sorte, não foi a sua cabeça que foi cortada.
Heman Eduardo: A pronúncia é He-man! Pelos poderes de Grayskull!! Acreditem ou não, sua irmã se chamava She-Ra.
Bruno: Filho mais velho. Até aí nada, o problema foi quando o mais novo nasceu, e foi batizado de Marrone.
Pir: Pronúncia PI-ERRE.
Ellen Geoáite: Homenagem a uma escritora americana chamada Ellen G.White.
Eneaotil: Era mais fácil chamar de NÃO.
Darzã: O pai era fanho e o cara do cartório não entendeu quandoele disse Tarzan.
Kwysswyla: Uma proeza, só uma vogal! Leia-se Quíssila.
Romy Schneider. Tá, eu sei que você não conhece. Foi uma diva do cinema há uns 50 anos trás.
Romixinaide: Homenagem a Romy Schneider
Shaite: Nosso velejador Robert Scheidt também merece homenagem
Madeinusa: Exótico? Apenas a expressão MADE IN USA, junta.
Mikarraquinem: Criança que adorava correr do banho.
Free William da Silva: Free Willy legendado.
Mijardenia e Merdamercia: Irmãs, carinhosamente chamadas de Mimi e Memé.
Tayla Nayla, Taxla Naxla, Tarla Narla: Irmãs cuja mãe aguardava a quarta filha, que seria batizada de Taola Naola.
Levanta a mão aí quem também era fã de Tartarugas Ninja!
Michelângelo: Seria uma homenagem bonita ao pintor renascentista?Nada, era a tartaruga ninja mesmo.
Leidi Dai: Nem precisa tecla SAP
João Lenão: Beatle tupiniquim
Magaiver: Esse com certeza tinha uma mãe que tomava pílula e um pai vasectomizado que estava usando camisinha no dia. E mesmo assim, nasceu.
Orange, Blue e Yellow: Família arco-íris
Justdoit: A Nike fazendo a cabeça do povão
Aga Esterna: Essa era uma jóia! Literalmente.
Mari Onete: Ao contrário do que se pensa, foi sozinha à consulta.
Delícia Cremosa: Devem ter levado o pote de margarina pro cartório.
Jedai: Que a força esteja com você.
Inri: Isso mesmo. Jesus de Nazaré Rei dos Judeus.
Rudegulete e Claiver: 2 irmãos, uma dupla de ataque poderosa (Ruud Gullit e Kluivert)
Ulton: Ao chamar a criança, o médico foi corrigido pela mãe: U-Eli-Ton. Tem que pronunciar o L
Istiveonder da Silva: Ao contrário do cantor, esse enxergava bem.
Uiliam Bone: Futuro apresentador do Jornal Nacional
Silvester Estalone: Diz o médico que pediu um autógrafo. -
Hyrum: Pronuncia "Airon". Questionado, o pai disse que era homenagemao Iron Maiden.
Frankstein Junior: O pai se chamava João da Silva.
Como será que posso fazer pra demonstrar minha paixão pelo esporte eminha estupidez simultaneamente?
Kung Fu José e Kung Fu João: Gêmeos.
Myqueimausi: Deve ser filho do Valdisnei
Miquetiçon: Segundo a mãe, pronuncia-se. Mike Tyson.
Homenagem ao ex-piloto francês de F1 Patrick Tambay, Patrick Itambé da Silva
Dois irmãos: Villejack Jeans e Cachemire Bouquet. Eita propaganda
Hotidogson: Nem o cachorro quente escapa da homenagem
Milquesheiqueson: Qual era o sabor?
Brucili Benedito da Silva: Mais um homenageado, Bruce Lee
Abias Corpus da Silva: Esse nunca iria preso.
.
.

quinta-feira, 12 de julho de 2007

Pessoal dengoso

.
Agentes de combate à dengue fazem greve em Bauru
.
.

O que o fotógrafo não ve


.

Postei outro dia O que o fotógrafo ve

.

Essa foto (não conheço o autor) mostra o que ele não ve, ou não toma cuidado na hora de clicar...

.

Precisa explicar mais?

.

Choque entre gerações?

.
Recebi um arquivo da Celia e repassei:
"Let´s twist again" - Chubby Checker - Bons tempos !!!"
.
Duas respostas de diferentes gerações:
.
.
Hehe...
Adorei!
Nunca tinha visto!
Brigada!
Bjo
.
.
Adorei...
Não lembrava desta gravação/video...
Beijo
.
.

Epa epa epa

.
O que o tio Orkut quis dizer com isso?
.
Sorte de hoje:
Você tem um equipamento incomum para o sucesso, use-o corretamente
.

quarta-feira, 11 de julho de 2007

Trenzinho da alegria

.
.
Ao ler a reportagem sobre o tour humorístico, lembrei-me de uma passagem num trem de subúrbio...
.
Eu tinha uma Fiorino, bonitinha mas ordinária, vez ou outra me deixava na mão, e nada dos "mecânicos" acharem o defeito.
.
Eu trabalhava na Zona Sul, mais precisamente no Largo do Socorro... É, pois é. E a pretinha me fez uma dessas de não querer funcionar; peguei carona com meu amigo até a estação e peguei o trem que ia em direção a Osasco...
.
N0ve da n0ite e lotado, fiquei em pé, no meio do percurso entrou um sujeito com uma bolsa grande, não gostei. Ele estava perto de mim, abriu a bolsa e vi algo brilhar, mudou de posição mas o acompanhei com o canto dos olhos. E não é que o fdp tirou uma faca enorme de dentro da bolsa e segurou bem alto!
.
"Olha aí pessoal!"
.
Todo mundo se assustou, eu inclusive. Quando teve a certeza de ter acordado todo mundo, saiu-se com essa: "Eu tenho aqui um produto que vai revolucionar a cozinha da dona de casa moderna..."
.
Era uma espécie de amolador para facas... Se não estivesse segurando uma faca tão grande, provavelmente iria engolir o tal amolador...
.

Rebuliço

.
Não se fazem mais atores como antigamente
.
Travestis desmentem prostituta e dizem que atores não foram violentos.
.
RIO - O depoimento dos dois travestis que acompanharam Rômulo Arantes Neto e Lui Mendes a um motel pode ter inocentado os atores, acusados de roubar e agredir uma prostituta. Nesta terça-feira, Angélica Castro (na verdade Diego Castro de Azevedo), de 25 anos, e Fabiane Spears (Felipe Rogério de Andrade e Silva), de 21, negaram na 15ª DP (Gávea) que os atores Rômulo Arantes Neto e Lui Mendes tenham sido agressivos, desmentindo as acusações da garota de programa Fabiana Pereira Costa contra os atores. Ela garantiu, em depoimento, que fora agredida e roubada na madrugada do dia 4 de julho.
.
Segundo a versão dos travestis, ao descobrirem que eles eram homens, os dois deram R$ 20 para que voltassem de táxi, sem ameaças ou agressões. A versão apresentada por Angélica e Fabiane - que souberam da polêmica envolvendo os atores quando gravavam um filme pornô em São Paulo - é contrária a da prostituta, que afirmou que Rômulo teria tentado agredir os travestis ao descobrir que eles não eram mulheres.
.
Durante o depoimento, Angélica confessou que "rolou beijo, sim", sem revelar em quem, naquela madrugada do dia 4. Fabiane, brincalhona, soltou essa:
- Somos as bonecas do Rômulo!
.
A presença dos travestis parou o expediente na 15ª DP, nesta terça. A delegada Márcia Julião ainda ouvirá o terceiro envolvido na confusão, Carlos Eugênio, e vai marcar uma acareação para confrontar as versões apresentadas nos depoimentos.
.
.
.
Deixa ver se eu entendi:
.
As moças eram rapazes...
A moça de verdade, só era de verdade mediante dinheiro...
Os atores estavam a toa...
E a delegada chama-se Julião...
.
4 de Julho é o Independence Day... Tá explicado!
.

Medida profilática...

.
China executa alto funcionário acusado de corrupção
http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2007/07/10/296712106.asp
.
Talvez seja uma medida dura, mas em um país com mais de 1 Bi de pessoas, todas com a mesma cara, a saída foi sumir com o sujeito, a única forma dele não se misturar no meio do povo.
.
No Brasil... Ah, deixa para lá.
.

terça-feira, 10 de julho de 2007

Pois ééééé!


Isso acontece muito mais do que seria esperado, pelo menos por mim.
Tudo bem que talvez eu tenha parado no tempo, ou que seja tradicionalista, como diz a Lucila... Mas alguma coisa não está muito certa.
.
Como ontem na Wendy's, ouvi pelo radio um sujeito fazendo o pedido, parou na minha janela para fazer o pagamento, um traveco de seus cincoenta e tantos anos, não dava para passar por mulher de "jeito maneira"; aliás deve ser muito macho, para se vestir daquele jeito, se pintar daquele jeito e nem sequer disfarçar a voz, só sendo muito macho. Avisei meu colega - "Marião, tua namorada está indo para a segunda janela" - ele já sabia que seria sacanagem mas foi dar uma conferida assim mesmo, não esperava aquilo, todo mundo ficou espantado na segunda janela.
.
Há pouco tempo, parou outro na janela do Mc a noite, tomou um susto quando me viu, tenho a certeza de que era um brasileiro que trabalhou comigo na Wendy's, tentou disfarçar mas não deu, fiz de conta que não o reconheci para não contrangê-lo mais ainda.
.
Em contrapartida, acho que tem muito mais mulheres querendo se passar por homens.
.
Mas os enrustidos ainda ganham de longe, rapazes e moças que só prestando atenção para se desconfiar... Em tempo, as moças pelo que parece, também são maioria.
.
Tradicionalista sim, preconceituoso também; afinal, se tiver de ser traido, pelo menos que as pontas de cigarro no cinzeiro não tenham marcas de batom.
.
.

Imperialismo? Nããããão! Imagina que eu faria isso!

.
Fundos querem que Petrobras deixe o Irã
OGloboOnline
.
WASHINGTON - Dentro de alguns meses, cinco dos maiores fundos de pensão dos Estados Unidos terão que se desfazer de um bloco significativo de ações da Petrobras se a empresa continuar fazendo negócios com o Irã, ignorando as pressões que ela e outras companhias estrangeiras vêm sofrendo para se afastar do lugar.
.
Responsáveis pelo pagamento de aposentadorias a milhares de funcionários públicos do Estado da Flórida, esses fundos tinham o equivalente a US$ 113 milhões em papéis da Petrobras na sua carteira no fim de maio, dinheiro suficiente para colocá-los entre os maiores acionistas da empresa no mercado americano.
.
Uma lei sancionada há algumas semanas obriga os fundos administrados pelo Estado da Flórida a fazer a mesma coisa com qualquer empresa que tenha investimentos no Irã. Pode ser apenas o começo. Propostas semelhantes estão em discussão atualmente no Congresso e em uma dúzia de outros Estados.
.
Os EUA têm ampliado a pressão sobre as companhias estrangeiras que atuam no Irã por acreditar que sua permanência lá prejudica o esforço que a comunidade internacional tem feito para isolar o regime iraniano e conter a expansão das suas atividades nucleares. Empresas como a Royal Dutch Shell, a francesa Total e a italiana Eni também estão presentes no Irã.
.
A lei da Flórida é a única em vigor no momento. Ela dá aos fundos três meses para identificar em suas carteiras empresas que tenham investimentos no Irã e outros três meses para que os fundos tentem convencê-las a sair de lá. Se a pressão não funcionar, eles serão obrigados a vender as ações dessas empresas e terão um ano para fazer isso.
.
Em termos meramente contábeis, as consequências da perda desses acionistas tendem a ser pequenas para uma empresa do tamanho da Petrobras, que atualmente vale mais de US$ 110 bilhões no mercado. Se outros Estados imitarem a Flórida, o impacto financeiro da venda das ações poderá ser diluído num longo período de tempo.
.
Mas essas iniciativas podem criar complicações de outra natureza.
.
Elas geram custos muito elevados para a reputação das empresas afetadas, diz Christopher Holton, vice-presidente do Centro para Política de Segurança, uma organização que tem trabalhado para promover leis como a que passou na Flórida.
.
A Petrobras tem um contrato de US$ 32 milhões com o governo do Irã para explorar um bloco no Golfo Pérsico. Os investimentos podem atingir US$ 78 milhões se algo promissor for encontrado. A estatal negocia com os iranianos um contrato maior para explorar dois blocos no Mar Cáspio, que pode levá-la a investir nos próximos anos mais US$ 470 milhões no país.
.
No início de junho, outro fundo americano importante, o dos professores do Estado da Califórnia, enviou cartas de advertência à Petrobras e outras 12 companhias de petróleo, recomendando que avaliassem direito os riscos de continuar investindo no Irã. No fim do mês passado, esse fundo de pensão tinha o equivalente a US$ 170 milhões em ações da Petrobras.
.
A Califórnia não tem uma lei como a da Flórida, mas um projeto parecido está em discussão. O principal fundo de pensão dos funcionários públicos estaduais é contra a idéia, por causa das perdas que terá se precisar jogar fora um pedaço importante dos seus ativos. Mas os professores são a favor do projeto, e sua carta pode ser vista como um sinal do que ainda poderá acontecer.
.
Na última semana de junho, o órgão regulador do mercado de capitais americano, a Securities and Exchange Commission (SEC), criou uma página na internet para expor empresas com negócios no Irã e em outros quatro países que os EUA acusam de financiar grupos terroristas - Coréia do Norte, Cuba, Síria e Sudão. A Petrobras está na lista.
.
No Congresso, um projeto em tramitação obriga o governo americano a publicar periodicamente listas com as empresas que tiverem investimentos superiores a US$ 20 milhões no Irã. Outra ameaça é estender a subsidiárias de companhias estrangeiras as penalidades que hoje são aplicadas apenas contra empresas americanas, proibidas por lei de fazer negócios no Irã.
.
A aprovação de uma medida como essa teria conseqüências sérias para a Petrobras nos EUA. Ela ficaria impedida de obter financiamento no mercado americano e não poderia mais receber concessões do governo federal, como as áreas que explora no Golfo do México. Mas pessoas que acompanham essa discussão acham muito improvável que o Congresso vá tão longe.
.
O governo brasileiro tem manifestado indiferença diante dessas pressões. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva discutiu o assunto em março com o presidente dos EUA, George Bush, e saiu da conversa avisando que a Petrobras continuará investindo no país.
.
Não temos nenhuma divergência política [com o Irã] e vamos continuar trabalhando junto naquilo que for de interesse do Brasil, disse o presidente.
.
Há duas semanas, ao responder a uma pergunta sobre a carta do fundo de pensão dos professores da Califórnia, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, disse não ver nenhuma razão para se afastar do Irã.
.
Nós temos operações muito pequenas no Irã, disse Gabrielli.
.
Nos últimos anos, o governo americano questionou a Petrobras sobre seus investimentos no Irã pelo menos três vezes. Em setembro de 2005, a SEC mandou uma carta à empresa pedindo detalhes sobre sua atuação no Irã, na Líbia e em Cuba. O Valor obteve cópias da carta da SEC e da resposta da Petrobras.
.
O diretor financeiro da estatal, Almir Guilherme Barbassa, respondeu dizendo que os investimentos no Irã e na Líbia eram muito pequenos para representar riscos significativos para a empresa e seus acionistas, seja do ponto de vista econômico, financeiro ou reputacional. A Petrobras analisou oportunidades em Cuba recentemente, mas fechou seu escritório na ilha em julho de 2005, diz a carta.
.
Os EUA voltaram a fazer perguntas sobre o interesse da Petrobras no Irã no ano passado, antes de aprovar a aquisição da refinaria que a empresa comprou em Pasadena. O negócio precisou ser submetido a uma comissão do governo que analisa aquisições de empresas americanas por grupos estrangeiros nos casos em que a mudança pode afetar a segurança nacional.
.
No início deste ano, o embaixador americano no Brasil, Clifford Sobel, procurou Gabrielli para manifestar sua preocupação com os investimentos da Petrobras no Irã e avisar que a subsidiária da empresa nos EUA poderia ter problemas por causa disso. Como Lula deixou claro depois na conversa com Bush, a pressão não deu em nada.