sábado, 31 de maio de 2008

Ah, se eu pudesse voltar ao passado.

.
.
E eu me pego pensando nisso algumas vezes.

E a conclusão que cheguei (hoje, amanhã talvez eu mude de idéia) é que não mudaria o meu passado.

Talvez um ou dois narizes amassados aqui ou ali, certamente um não bem colocado, e algumas amenidades.

Mas não mudaria, acredito que nem mesmo que quisesse, a exemplo de Peg Sue, seu passado te espera - o filme - por mais que eu tentasse o passado não mudaria. Melhor assim.

Mesmo que conseguisse, teria sido mais feliz ou deixado alguém mais feliz? Acredito que não. E se assim o fizesse, eu não seria a pessoa que sou hoje. A experiência seria outra, o eu presente certamente seria outro.

Não que a essência mude, não acredito nisso, mas certas situações deixam aflorar ou reforçar certas facetas de nossa personalidade.

Os tombos no meio do caminho, os afagos... A vida em si, serviram para moldar o que sou hoje. E se não falei em riqueza, é porque a única que tenho é o que trago dentro do peito, as lembranças e as pessoas que estão aqui guardadas.

Ah, se eu pudesse voltar ao passado, faria as mesmas besteiras de outrora. Aquele garoto (que ainda não cresceu), na media, foi bom.

E um ou dois narizes amassados não pesariam na hora de entrar no Céu.
.
.

'Meu Deus, só agora me lembrei que a gente morre. Mas – mas eu também?!'

.
.
De uma conversa com a tia Lilica, onde ela explicou de onde saiu esta frase.
.
Pego o bonde para dizer que consciência da Morte eu tenho, mas que quando tiver de lhe dar a mão, que não seja após ter entregado os pontos. Que seja lutando, assim como fez Ingrid.
.
Vale a música: "se vocês querem o meu sangue, terão o meu sangue só no fim".
.
.

Doença de Amor

Do fundo do bau:



Doença de Amor


O Amor é como certas doenças, certos vícios,
Deve ser extirpado logo no início.
Então, o sofrimento é pouco.
De outra forma, fica-se louco.

Puro alucinógeno, nos envolve,
É descompasso, nos consome,
Perde-se a lógica, a razão,
Pensa-se com o coração.

Exaltar o Amor, coisa de poetas,
Obstinado bando de patetas,
Coitados, lunáticos adoentados,
Vivem amargurados, desamparados.

O Amor como o câncer,
A pior forma que pode ter,
Que deixa a Alma e o corpo feridos,
A metástase do Amor não correspondido.


J Carlos Favoretto
28 Junho 2001

Da serie: Meu Coração, esse Perverso

Lisa Stansfield - 2 tempos - Por que O Tempo é implacável com algumas pessoas?



A-Ha








Elvis









sexta-feira, 30 de maio de 2008

Rod Stewart







Coitada da ninha voz de pato

Pesquisadores britânicos afirmam ter encontrado uma fórmula matemática para encontrar a voz humana perfeita.

O estudo, encomendado pela Post Office Telecoms, pediu a um painel de ouvintes que classificassem 50 vozes de celebridades britânicas, e depois analisaram o resultado.

A pesquisa foi conduzida pelo lingüista Andrew Linn, da Universidade de Sheffield, e pela engenheira de som Shannon Harris. A fórmula é baseada em uma combinação de tom, velocidade, freqüência, palavras por minuto e entonação.

Eles concluíram que a voz ideal - para se comunicar em língua inglesa na Grã-Bretanha - deve falar não mais do que 164 palavras por minuto e pausar por 0,48 segundos entre as frases. As frases, em si, devem terminar com uma queda, e não com um aumento na entonação.

Os cientistas concluíram que a melhor voz feminina é uma mistura da voz da atriz Judi Dench (que interpreta a agente M no último filme de 007), da colunista e apresentadora Mariella Frostrup e da atriz Honor Blackman, que atuou em O Diário de Bridget Jones.

Entre os homens, os atores Jeremy Irons, de Gêmeos, Mórbida Semelhança, e Alan Rickman, o professor Snape na série de filmes Harry Potter, foram os que mais se aproximaram da "voz perfeita".

Ideal

Características vocais associadas a características positivas, como confiança, foram as mais bem classificadas pelos ouvintes.

Segundo Linn, "como humanos, nós instintivamente sabemos que vozes causam arrepios na espinha e nos fazem tremer de desgosto".

"As respostas emocionais dos membros do painel às vozes foram surpreendentes e, de algum modo, explicam como dubladores ou apresentadores de rádio são selecionados, ou por que as vozes de determinadas celebridades têm mais apelo."

Segundo ele, os homens consideraram a voz da apresentadora Mariella Frostrup "fascinante", porque é profunda, pausada e confiante.

O ator Jeremy Irons quase se encaixa no perfil da voz perfeita, falando 200 palavras por minuto e pausando por 1,2 segundos entre as frases.

O professor Linn disse que isso explica porque os "tons profundamente graves" do ator inspiram confiança nos ouvintes.

Segundo o lingüista, a fórmula dá uma boa idéia de como as vozes funcionam, e o que as tornam repelentes ou atraentes

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Mustang Mach 1

American Muscle Car: Mach 1
American Muscle Car: Mach 1

Células tronco

Agencia Estado - 29/5/2008 19:19

Por 6 votos a 5, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) consideraram que é constitucional e não precisa receber qualquer alteração o artigo 5º da Lei de Biossegurança, que permite o uso de células-tronco embrionárias em pesquisas com fins terapêuticos. No julgamento, iniciado ontem pela manhã e concluído às 19h04 de hoje, cinco ministros entenderam que as células-tronco poderiam ser usadas para os estudos, mas apresentaram diferentes restrições, algumas delas que poderiam comprometer as pesquisas. Os cinco ministros vencidos na análise foram Carlos Alberto Direito, Ricardo Lewandowski, Eros Grau, Cezar Peluso e Gilmar Mendes, presidente do STF.

Votaram sem restrições pela constitucionalidade da lei os ministros Carlos Ayres Brito, Cármen Lúcia, Joaquim Barbosa, Ellen Gracie , Marco Aurélio Mello e Celso de Mello. Mantido o texto da lei, os cientistas poderão pesquisar as células-tronco embrionárias obtidas de embriões inviáveis, ou congelados desde 2002, ou ainda que tenham sido congelados na data da sanção da lei. Para isso, os cientistas precisam da prévia autorização dos genitores.

O chefe


Míope, pesado, casca grossa!


Sequência de três

Funny video on Funnyplace.org - Pig

Funny video on Funnyplace.org - Pig

Funny video on Funnyplace.org - Pig

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Otoridade é o bicho

.
.
Juntei todos os livros, alfarrábios, tabelas sob o braço, mirei a rampa de acesso e sai debaixo de uma chuva forte.

Subi de uma corrida só. Passei pelo guarda com aquele monte de livros em direção da porta, e ele tentou me barrar:

"Aqui não pode entrar de pés, não."

"Não pode? Então na próxima vez eu entro de joelhos".

O FDP queria que eu desse a volta, descendo a rampa novamente, pegando toda aquela chuva para entrar pela porta oposta, que dava no mesmo acesso aos elevadores. É mole?
.
.

Dan Osman

terça-feira, 27 de maio de 2008

Robert Happé

A pedidos

.
.
Coisa de 25 anos atrás (quase 30), nascia a D. Bruna (por pouco B. Maria).

Estava lá sentado olhando para as lâmpadas do painel da sala de parto que teimavam em não acender, deveria ser jogo rápido, já que seria cesariana.

E sem mais nem menos, vejo o médico no pé da escada, virei para minha mãe "deu merd...", e fui falar com ele.

"Está tudo bem, se a lâmpada do painel não acendeu é porque a enfermeira se esqueceu - uma menina forte sem problemas, Bruna Cristina, estranha combinação, mas já vi coisas piores".

Curiosamente, tinhamos o nome para menina, para menino não.
.
.

sábado, 24 de maio de 2008

O homem e seu melhor amigo...

.
.
"Homens são muito focados no pênis", diz professor de Harvard.

Não é ali que os homens focam...

Ah! E melhor amigo do homem continua sendo o cachorro.
.
.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Brincando com imagens

Отличные фотографии с простым и понятным юмором... Французский фотограф Rene Maltete (59 фото - 6.16Mb)



Отличные фотографии с простым и понятным юмором... Французский фотограф Rene Maltete (59 фото - 6.16Mb)

Отличные фотографии с простым и понятным юмором... Французский фотограф Rene Maltete (59 фото - 6.16Mb)

Mais imagens inusitadas de Rene Maltete aqui .

Um pouquinho de Brasil


Fui até Boston hoje, embaixada brasileira.

Estavamos lá sentados, aguardando a chamada para a entrega de documentos, eu e o Carlão. E passa um sujeito por trás de minha cadeira, com um celular: "e aí negão?". Pelo visto mais gente tem esse hábito. Mas aquilo foi plágio...

Voltando para casa, resolvemos parar em uma padaria brasileira que ele conhecia em Stoughton. Na parede, o menu indicava entre outras coisas: "Hamburgueres".

X-salada
X-bacon
X-tudo...

X-PQP, estamos nos States, será que nem aqui colocamos o "cheese"?

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Sangue e Honra

.
.
.
.
Em alguns momentos, eu me sinto pequeno diante da vida.

Este é um deles.

Sangue e Honra.
.
.
.
.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

A matemática desde os tempos de Bai


Recebi da Lucila, eu só não sabia que ela já estava na escola nos anos 50:

O Ensino de matemática Semana passada comprei um produto que custou R$ 1,60 . Dei à balconista R$ 2,00 e peguei na minha bolsa 10 centavos, para evitar receber ainda mais moedas . A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer . Tentei explicar que ela tinha que me dar 50 centavos de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la . Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender .

Por que estou contando isso ?

Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim :

1. Ensino de matemática em 1950:

Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda . Qual é o lucro ?

2. Ensino de matemática em 1970:

Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou R$ 80,00. Qual é o lucro ?

3. Ensino de matemática em 1980:

Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. Qual é o lucro ?

4. Ensino de matemática em 1990:

Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro:

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

5. Ensino de matemática em 2000:

Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção desse carro de lenha é R$ 80,00. O lucro é de R$ 20,00. Está certo ?

( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2007:

Um cortador de lenha vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00. Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

terça-feira, 20 de maio de 2008

Henri Cartier-Bresson

Imagem de Henri Cartier-Bresson

Mais imagens aqui.

Mulher pelada

- Precisamos de algo que cause impacto, que realmente chame a atenção...

- Mulher pelada.

- Mulher pelada?

- É! Mulher pelada sempre chama a atenção.

- Tá, mas pera. Sempre? Acho, sei lá, que nem sempre.

- Ok.

- E Então?

- Mulher pelada bonita.

- ...







Alguém pode explicar o porque de mulher pelada (bonita) vender, já que a maior parte das coisas são compradas e/ou influenciadas por mulheres?

sábado, 17 de maio de 2008

sexta-feira, 16 de maio de 2008

In In


Jornada

Jornada


Ao fim desta jornada,
De uma longa caminhada,
Quero receber os teus abraços,
Repousar nos teus braços.

Ouvir a tua voz em sussurro
No aconchego de um quarto escuro.
No teu colo recostar,
E deixar você me ninar.

Esquecer do próprio tempo.
Das noites frias de vento.
Das atribulações deste caminho,
Que enfrentei sempre sozinho.

Mas não sei quanto tempo mais.
Meu receio é que jamais
Tenha paz e sossego,
Ou seus braços para aconchego.

Esta fase de minha vida
Não está clara nem definida
Não tenho o final sob a minha visão
O tempo, o tempo é o vilão.


J Carlos Favoretto
24 Setembro 2004

Da serie: Azul

OVNIs??? - lógico que existem

Objetos Voadores Não Identificados existem sim - EU ACREDITO!

Mas só vou acreditar que um OVNI seja de outro planeta quando descer no quintal de casa.



Do UFOs really exist?
Do UFOs really exist?

Diferenças entre os slots de placas mãe

Will Your Motherboard Support the Video Card You're Purchasing? Here's the Answer...

Before you buy - make sure your motherboard is compatible with this video card. For example, PCI Express video cards won't work with motherboards designed only for AGP or PCI video cards, and vice versa. Please read the specifications carefully or call us for expert advice.

Close-Up: PCI, AGP, and PCI-E (PCI Express)

Check your motherboard and make sure you are purchasing the correct cardbus type.

There are 3 types of cardbus slots currently available: PCI, AGP, and PCI Express (PCIe 2.0 is compatible with PCIe slot)

PCI - The most widely used I/O bus, it provides a shared data path between the CPU and peripheral controllers, such as network, display, SCSI and RAID cards. Though limited in terms of performance, they are considered the best value when you upgrade your video capabilities on a PC. The PCI interface can be found and used in nearly any motherboard.

AGP - The AGP slot is next in line of higher graphic performance. It was designed especially for the throughput demands of 3-D graphics. It offers up to 8x improvement over a PCI card, is 32 bits wide and runs at 66 MHz. It provides a direct connection between the card and memory, and only one AGP slot is on the motherboard. The motherboard must be equipped with an AGP bus slot for an AGP card to be compatible.(AGP 1x provided a data transfer rate of 264 Mbytes/sec. AGP 2x is 528 Mbytes/sec. AGP 4x is 1 Gbyte/sec. AGP 8x is 2 Gbytes/sec.)

PCI Express - PCI Express is the newest technology that is superior to both PCI and AGP, in terms of graphic performance. It offers performance as much as 4x faster than the fastest AGP 8X slot. PCI Express connections can support fast data transfer rates, which can be used to connect high-speed devices such as high-end video cards. The slots come in different variations and speeds, such as x1, x4, x8, and x16. Presently, most high-end motherboards meant for design, video production, or gaming come with PCI express slots. To use a PCI Express card, your computer must have at least one available PCI Express slot.

Esse gato já foi escaldado


quinta-feira, 15 de maio de 2008

Estudo diz que música pode afetar sabor do vinho

Uma pesquisa realizada por psicólogos afirma que tomar vinho enquanto se escuta um determinado tipo de música pode afetar a forma como se percebe o sabor da bebida.


A pesquisa realizada por psicologistas da escocesa Heriot Watt University, em Edimburgo, demonstra que quando uma taça de cabernet foi tomada ao som de música pesada, o vinho foi percebido como "60% mais poderoso, rico e robusto" do que quando tomado no silêncio.



A pesquisa sugere que o vinho do tipo cabernet é "mais afetado" por músicas consideradas pesadas, enquanto o chardonnay teria a sua percepção de sabor modificada com "sons energéticos".


A pesquisa envolveu 250 estudantes na universidade, que receberam uma taça gratuita por sua cooperação.


Cantos de monges


Quatro música diferentes foram tocadas - Carmina Burana de Carl Orff ("poderosa e pesada"), Valsa das Flores, de Tchaikovsky ("sutil e refinada"), Just Can't Get Enough, do Nouvelle Vague ("energética e refrescante") e Slow Breakdown, de Michael Brook ("melosa e leve").


O vinho branco foi percebido como 40% "mais energético e refrescante" quando a música do Nouvelle Vague foi tocada, mas apenas 26% mais "meloso e leve" do que quando saboreado ao som de Michael Brook.



O vinho tinto chegou a sofrer variação de 60% na percepção de seu sabor quando acompanhado por Carmina Burana, a música "poderosa e pesada".


O professor Adrian North, que liderou o estudo, acredita que a pesquisa poderia levar produtores de vinhos a imprimirem recomendações de músicas nos rótulos de seus vinhos.


A pesquisa foi feita por encomenda do chileno Aurélio Montes, produtor de vinhos. Seus vinhos são produzidos aos sons de cantos de monges.


"Foi, portanto, um passo natural me ligar à Heriot Watt para determinar cientificamente o impacto da música no sabor do vinho", disse Montes.


Anteriormente, o professor North havia conduzido uma pesquisa na qual sugeriu que os consumidores comprariam cinco vezes mais os vinhos franceses em comparação aos alemães se houvesse o som de acordeão nos supermercados.


Ao som de uma bandinha alemã, o vinho alemão foi vendido duas vezes mais do que o francês.





Imagens by Carioca

Inclusão digital - Ou em outras palavras: de que planeta você veio?

.
.
Da Carol para o Mario, que espera até hoje pelo modelo de notebook definitivo...

Ela com aquele sotaque baiano:

- Mario, me passe seu endereço para que eu possa entrar no seu Orkut.

E ele a olhando com cara de quem entendeu outra coisa.
.
.

Coração bandido

Coração bandido

Ah! Meu coração,
Esse órgão guardado dentro do peito.
Não sei o que fazer com esse sujeito,
Pelo resto do corpo não tem consideração.

Não quer simplesmente cumprir com sua função,
Que é bater, bater e bater,
Tem sempre que inventar, se intrometer,
E ainda quer no final ter razão.

Aliás, acho eu, que ele gosta é de apanhar,
Masoquista por natureza,
Apanha que é uma beleza,
Porque cisma em se apaixonar.

Não tem mais idade para isso,
O cretino deve mesmo gostar de sofrer,
Não procura junto ao cérebro, a memória rever.
Ainda vai falhar em serviço.

E nessa empreitada não está só,
Tem nos olhos, ajuda externa,
O da direita e o da esquerda,
Assim não dá, tenham dó.

Se o corpo fosse um fortim,
Isso seria uma insurreição,
E se fosse uma embarcação,
Seria um motim.

E estando apaixonado,
Vive com taquicardia,
Quando percebe de noite ou de dia,
O objeto pelo qual vive alucinado.

E num instante torna-se ausente
Parte todo feliz,
Como quem diz,
Ao menos morri contente,

J Carlos Favoretto
15 Abril 2004

Da serie: Meu Coração, esse Perverso

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Vaticano admite que pode haver vida fora da Terra

...é possível fazer ciência seriamente e acreditar em Deus

O diretor do observatório astronômico do Vaticano, padre José Gabriel Funes, afirmou que Deus pode ter criado seres inteligentes em outros planetas do mesmo jeito como criou o universo e os homens.

"Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus", disse o diretor do observatório conhecido como Specola Vaticana.

"Isso não contradiz nossa fé porque não podemos colocar limites à liberdade criadora de Deus", acrescentou Funes, em entrevista ao jornal L'Osservatore Romano, órgão oficial de imprensa da Santa Sé.

" Como existem diversas criaturas na Terra, poderiam existir também outros seres inteligentes, criados por Deus "


Na entrevista ao jornal do papa, o padre Funes, jesuíta argentino de 45 anos de idade, cita São Francisco ao dizer que possíveis habitantes de outros planetas devem ser considerados como nossos irmãos.

"Para citar São Francisco, se consideramos as criaturas terrestres como 'irmão' e 'irmã', por que não poderemos falar tambem de um 'irmão extraterrestre'?", pergunta o padre. "Ele tambem faria parte da criação."

Perspectiva

Na opinião do astrônomo do Vaticano, podem haver seres semelhantes a nós ou até mais evoluídos em outros planetas, ainda que não haja provas da existência deles.

" Por que não poderemos falar tambem de um 'irmão extraterrestre'? "


"É possível que existam. O universo é formado por 100 bilhões de galáxias, cada uma composta de 100 bilhões de estrelas, muitas delas ou quase todas poderiam ter planetas", afirmou Funes.

"Como podemos excluir que a vida tenha se desenvolvido também em outro lugar?", acrescentou. "Há um ramo da astronomia, a astrobiologia, que estuda justamente este aspecto e fez muitos progressos nos últimos anos."

Segundo o cientista, estudar o universo não afasta, mas aproxima de Deus porque abre o coração e a mente e ajuda a colocar a vida das pessoas na "perspectiva certa".

Padre Funes diz ainda que teorias como a do Big Bang e a do evolucionismo de Darwin, que explicam o nascimento do universo e da vida na Terra sem fazer relação com a existência de Deus, não se chocam com a visão da Igreja.

"Como astrônomo, eu continuo a acreditar que Deus seja o criador do universo e que nós não somos o produto do acaso, mas filhos de um pai bom", afirma.

"Observando as estrelas, emerge claramente um processo evolutivo, e este é um dado cientifico, mas não vejo nisso uma contradição com a fé em Deus."

" Observando as estrelas, emerge claramente um processo evolutivo, e este é um dado cientifico, mas não vejo nisso uma contradição com a fé em Deus "


Ateísmo

Na visão do religioso, estudar astronomia não leva necessariamente ao ateísmo.

"É uma lenda achar que a astronomia favoreça uma visão atéia do mundo", disse o padre. "Nosso trabalho demonstra que é possível fazer ciência seriamente e acreditar em Deus. A Igreja deixou sua marca na história da astronomia."

Diretor da Specola Vaticana desde 2006, padre Funes lembrou na entrevista que astrônomos do Vaticano fizeram importantes descobertas como o "raio verde", o rebaixamento de Plutão e trabalhos em parceria com a Nasa, por meio do centro astronômico do Vaticano em Tucson, nos Estados Unidos.

A sede do observatório do Vaticano se localiza em Castelgandolfo, cidade próxima de Roma, onde fica situado o palácio de verão do papa, desde 1935.

O interesse dos pontífices pela astronomia surgiu com o papa Gregório 13, que promoveu a reforma do calendário em 1582, dividindo o ano em 365 dias e 12 meses e introduzindo os anos bissextos.

terça-feira, 13 de maio de 2008

domingo, 11 de maio de 2008

sábado, 10 de maio de 2008

Boom da construção

Esqueça os carros de luxo que engarrafam as ruas de Moscou: os ladrões russos estão atrás de caminhões basculantes e guindastes para surprir a crescente necessidade do setor de construções.

Foram roubados 40 caminhões basculantes e 13 guindastes nos últimos três meses na capital russa, de acordo com a imprensa local. Também foram levados outros equipamentos pesados comuns em obras.

"Esses dias mesmo roubaram uma máquina de asfaltar, em plena luz do dia, na rua", disse Igor Agapkin, chefe do departamento de investigação a roubo de carros da polícia de Moscou.

Oferta e procura

O "boom" do setor imobiliário em Moscou e a demanda por equipamentos de construção nas cidades vizinhas é maior que a capacidade da indústria doméstica de produzir as máquinas.

Segundo a polícia, encontrar os equipamentos roubados é muito raro. "Os melhores profissionais estão envolvidos nesse negócio", explica Agapkin.


"O roubo de um guindaste, por exemplo, é uma operação complicada. Eles precisam enganar a polícia, chegar até o desmanche, alterar completamente a aparência do veículo, a placa, pintar novamente", explica.

O poder da fotografia


"Toda fotografia é, em princípio, honesta. Usar imagens é brincar com fogo. Viver delas uma loucura. Podemos dizer ainda que a fotografia é tão honesta quanto diabólica. Seu poder satânico reside na aparentemente impossível fusão de espécies incompatíveis: a realidade e a ficção. Sendo assim, tanto inibe quanto estimula. Conscientiza e aliena. Desmoraliza e mitifica. Só o tempo, que é a matéria-prima desse meio, oferece respostas. Fotografias são apenas perguntas."
Ricardo Chaves.


Só para conhecimento, o que me fez postar foi a força do que está escrito acima. Abaixo o texto de onde foi extraído.


O texto todo aqui.



Hulk's dog

Rare green puppy born
Rare green puppy born



Talvez existam papagaios na vizinhança.

Maria Leite

Minha mãe teve uma tia, a tia Maria Leite, lembro que ela morou com minha avó, não sei ao certo parente de quem ela era, se irmã dela ou de meu avô. E está cada vez mais difícil de se achar essas raizes, quase todos os velhos morreram. Resta ainda a tia Rosa, que deve ter passado dos 95.

Acredito que a tia Maria Leite, tenha sido irmã de meu avô, ou talvez cunhada dele (eita confusão), eu me lembro da sua brancura, não do seu rosto, dizem que era morena mais escura que minha avó. Teve vitiligo. O Leite era por um parentesco com uma certa familia Leite lá dos confins do Judas, não era seu nome real, mas a verdade era a brancura de sua pele.

A tia Maria tinha outra particularidade, quando queria chamar alguém e quase sempre errava o nome da pessoa, virava piada:

- Helena, Jandira, Gorete, PQP VOCÊ AÍ...

Morreu depois de ficar dois ou três anos presa a uma cama, praticamente sem reconhecer as pessoas, Alzheimer talvez.

Isso não é jeito de terminar a vida.

sexta-feira, 9 de maio de 2008

URSS

Евгений Ананьевич Халдей - один из самых знаменитых фоторепортеров войны. Прошел с камерой от Москвы до Берлина. Его снимки печатали все центральные газеты страны. (36 фото - 5.52Mb)

Um pouco de história

Criando as oportunidades


E dá-lhe coincidência


Recebi hoje do Mier com o título "foto inédita do 14bis"

Na Quarta-feira, achei em uma loja brasileira, e felizmente não era velho como o do Santos Dumont. Fazia tempo que não comprava.

Coincidências.


Das coisas inexplicáveis da vida

Tem algumas coisas que eu não consigo compreender.

Por exemplo: "a nata da sociedade paulistana... blábláblá".

Por que?

Imagine só, você tomando seu café da manhã, pão quente, manteiga, meio dormindo, tentando entender como chegou até a cozinha e preparou o café, sem se quebrar todo na escada, sorvendo seu café com leite e... Ecaaaa, nata na língua. Ainda mais essa nata de hoje, de leites batizados, que mais parece celofane.

Sou do tempo em que se ia no bar pela manhã - é bar mesmo, porque naquela época existia leiteiro, o leite e o pão eram entregues toda manhã no bar, no empório, na mercearia - com a garrafa de leite lavada, o leite vinha com uma tampa tipo papel aluminio.

É nostalgia talvez, era um saco também andar com aquela garrafa de vidro, nada prática, mas tinha lá o seu charme.

Mas voltando ao assunto. Por eu detestar nata na língua, sempre achei que "nata da sociedade" deveria ser uma reunião de mafiosos ou coisa parecida.

Peixinhos dourados

Funny video on Funnyplace.org - Pig

Se não achar graça, reclame...

Funny video on Funnyplace.org - Pig

El zorro

Funny video on Funnyplace.org - Pig

Mulher é tudo igual...

.
.

Isso não é verdade.

Algumas das clientes que frequentam as lojas nas quais trabalho tem mais barba que eu.
.
.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Vida de cão

video

Coincidências?

As coincidências que ocorrem em minha vida são por demais perturbadoras se se levar os detalhes muito a sério.

Quer um exemplo? Na Terça-feira passada na aula de Inglês foi utilizado o nome de Robert Frost, poeta americano. Agora há pouco entrei no Alfabeto para xeretar e o primeiro poema que apareceu foi o que estudamos na última aula, desse homem sofrido e atemporal. Vai o poema saltitante para você:

Robert Frost


The road not taken


Two roads diverged in a yellow wood,

And sorry I could not travel both
And being one traveler, long I stood
And looked down one as far as I could
To where it bent in the undergrowth;

Then took the other, as just as fair,
And having perhaps the better claim,
Because it was grassy and wanted wear;
Though as for that the passing there
Had worn them really about the same,

And both that morning equally lay
In leaves no step had trodden black.
Oh, I kept the first for another day!
Yet knowing how way leads on to way,
I doubted if I should ever come back.

I shall be telling this with a sigh
Somewhere ages and ages hence:
Two roads diverged in a wood, and I
— I took the one less traveled by,
And that has made all the difference.

Os três funerais de Melchiades Estrada


Eu assisti a esse filme, vale a pena, fuçando por aí achei o CinePt, que passa longe do famigerado partido político.
A crítica do filme você acha aqui.

Tem gente que se assusta a toa

Imagem de Ale Burset



Segunda-feira passada, sentei para comer algo e a energia se foi, bleu total. PQP.

Sai do escritório dos fundos, um rapaz e uma moça que trabalham comigo estacados no meio do caminho parcamente iluminado pela luz de emergência. Ela chamando por mim...

- Você está aí?

- Na sua frente.

- Mas eu não te vejo.

- É que eu morri.

- Onde você está?

- Qual o problema, tem medo de escuro?

- Tenho.



Bando de gente maluca...

Gandolfo





Trabalhei com esse sujeito, o Gandolfo, lá pelos anos de 85, 86. Ele era um argentino de seus 40 e poucos anos.

Nessa época, a engenharia em São Paulo estava carente de pessoal, e foi contratado uma leva de gente nova na área. Eu fui um deles. Acreditem ou não, um bando de tímidos.

Quando saiamos para o almoço ao redor da empresa, era só passar alguma moça mais ajeitada que o Gandolfo saia com esta: "comias?".

O pessoal ria mas não sabia onde enfiar a cara...

Nunca mais tive notícias dele.




O vídeo foi só para exemplificar...

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Karma

.
.
Antigamente eu achava que tudo que estava acontecendo comigo era porque devia ter atirado pedras na Cruz... E acertado todas...

Hoje, eu acho que devo te-la derrubado a machadadas após a crucificação.
.
.

Da série: meu trabalho me enlouquece!

.
.
O chato de se trabalhar em um hospício é que mais cedo ou mais tarde acabará tendo de tomar Gardenal.
.
.

terça-feira, 6 de maio de 2008

sábado, 3 de maio de 2008

Entendeu, ou preciso desenhar?

.
.
Essa expressão veio da antiga China, Confucio foi o autor da frase.

Toda vez que ele explicava ou escrevia, era aquela confusão. Além de não entenderem a sua filosofia, não sabiam se falava em mandarim ou cantonês, e tampouco os ideogramas...

Em um arroubo de cansaço e ira, dirigiu-se ao seu interlocutor e disse a célebre frase:
"P@&&@!!! Entendeu, ou preciso desenhar?"

A primeira palavra foi esquecida através dos anos.
.
.

Corre pra árvore cambada...


Imagem by Michael Poliza

A verdade vem 'a tona

A Implosão da Mentira

Affonso Romano de Sant' Anna

Fragmento 1

Mentiram-me.Mentiram-me ontem
e hoje mentem novamente.Mentem
de corpo e alma, completamente.
E mentem de maneira tão pungente
que acho que mentem sinceramente.

Mentem, sobretudo, impune/mente.
Não mentem tristes.Alegremente
mentem. Mentem tão nacional/mente
que acham que mentindo história afora
vão enganar a morte eterna/mente.

Mentem.Mentem e calam. Mas suas frases
falam. E desfilam de tal modo nuas
que mesmo um cego pode ver
a verdade em trapos pelas ruas.

Sei que a verdade é difícil
e para alguns é cara e escura.
Mas não se chega à verdade
pela mentira, nem à democracia
pela ditadura.

Fragmento 2

Evidente/mente a crer
nos que me mentem
uma flor nasceu em Hiroshima
e em Auschwitz havia um circo
permanente.

Mentem. Mentem caricatural-
mente.
Mentem como a careca
mente ao pente,
mentem como a dentadura
mente ao dente,
mentem como a carroça
à besta em frente,
mentem como a doença
ao doente,
mentem clara/mente
como o espelho transparente.
Mentem deslavadamente,
como nenhuma lavadeira mente
ao ver a nódoa sobre o linho.Mentem
com a cara limpa e nas mãos
o sangue quente.Mentem
ardente/mente como um doente
em seus instantes de febre.Mentem
fabulosa/mente como o caçador que quer passar
gato por lebre.E nessa trilha de mentiras
a caça é que caça o caçador
com a armadilha.
E assim cada qual
mente industrial? mente,
mente partidária? mente,
mente incivil? mente,
mente tropical?mente,
mente incontinente?mente,
mente hereditária?mente,
mente, mente, mente.
E de tanto mentir tão brava/mente
constróem um país
de mentira
-diária/mente.

Fragmento 3

Mentem no passado. E no presente
passam a mentira a limpo. E no futuro
mentem novamente.
Mentem fazendo o sol girar
em torno à terra medieval/mente.
Por isto, desta vez, não é Galileu
quem mente.
mas o tribunal que o julga
herege/mente.
Mentem como se Colombo partin-
do do Ocidente para o Oriente
pudesse descobrir de mentira
um continente.

Mentem desde cabral, em calmaria,
viajando pelo avesso, iludindo a corrente
em curso, transformando a história do país
num acidente de percuso.

Fragmento 4

Tanta mentira assim industriada
me faz partir para o deserto
penitente/mente, ou me exilar
com Mozart musical/mente em harpas
e oboés, como um solista vegetal
que absorve a vida indiferente.

Penso nos animais que nunca mentem.
mesmo se têm um caçador à sua frente.
Penso nos pássaros
cuja verdade do canto nos toca
matinalmente.
Penso nas flores

cuja verdade das cores escorre no mel
silvestremente.

Penso no sol que morre diariamente
jorrando luz, embora
tenha a noite pela frente.

Fragmento 5

Página branca onde escrevo. Único espaço
de verdade que me resta. Onde transcrevo
o arroubo, a esperança, e onde tarde
ou cedo deposito meu espanto e medo.
Para tanta mentira só mesmo um poema
explosivo-conotativo
onde o advérbio e o adjetivo não mentem
ao substantivo
e a rima rebenta a frase
numa explosão da verdade.

E a mentira repulsiva
se não explode pra fora
pra dentro explode
implosiva.

(Poema publicado no JB em 1984, quando do episódio do Rio Centro e em diversas antologias do autor. Está em " Poesia Reunida" L&PM, v.2)

quinta-feira, 1 de maio de 2008