domingo, 21 de março de 2010

O Braulio está?

.
.
Dia desses atendi o telefone, era engano, a maioria das vezes é. E a moça perguntou se era o telefone do Braulio...
.
Eu estava tão para baixo que nem achei engraçado naquele momento. Ela perguntou de uma maneira tão hesitante que acho que esperava uma resposta no mínimo ácida. Respondi que ela havia se enganado, mas eu responderia educadamente mesmo que estivesse de bom humor - mas não sem um sorriso.
.
.

Nenhum comentário: