quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

verde e vermelho


O executivo voltou mais cedo de sua viagem de negócios. No aeroporto pegou um táxi que cortou caminho por uma região de barzinhos.
E ele viu a própria mulher entrando em um dos bares, usando um vestido vermelho que ele nunca tinha visto .
Mandou o taxista parar, um negro enorme e forte.
- Amigo, quer ganhar R$ 1000,00 sem precisar fazer muita força?
- Qual a parada chefe?
- Acabei de ver minha mulher entrando naquele bar. Você só tem de entrar lá e trazê-la na base da porrada.
- Feito. Como ela é?
- É bonita, morena, e está usando um vestido vermelho que você não terá dificuldade nenhuma em localizar.
- Volto já.
Dali alguns minutos, o motorista saiu do barzinho arrastando e cobrindo uma mulher de porrada; morena, bonita e usando um vestido... verde.
Quando o executivo viu o que estava acontecendo com a mulher, que não era a sua, ficou assustado.
- Parou, parou, parou... Essa não é minha mulher, e ela está usando um vestido verde. Você é dautônico, ou o que?
- Fica frio chefia. Esta é a minha mulher, a tua vou buscar agora.

Nenhum comentário: